The Mentalist / Review: S07E02–The Graybar Hotel

“Durona, gosta de esconder bem fundo as emoções? … Quer saber como ela baixou a guarda? Baixei a minha primeiro” 

7x02

Sensacional este episódio. O que aparentava ser um caso bobo de um casal metido a Bonnie e Clayde, acabou surpreendendo, sobretudo por fugir um pouco da clássica história de detetive, cujo único propósito é desvendar o responsável pelo crime. Longe disso! Interessante também, é ver justo a Lisbon, sempre tão certinha – nem tanto após anos de convivência com Jane – se infiltrar como presidiária, com direito ao uniforme laranja, só para extrair informações de Marie Flanagan, a ladra de carros de luxo, presa logo ao início de The Graybar Hotel. E não, apesar do auxílio do Mentalista, não se trata apenas de mais uma artimanha elaborada de sua mente hábil.

Trata-se de Abbott cooperando com uma agente da CIA, visando obter informações acerca do paradeiro de Cole Foster, namorado de Maria, ladrão e com altos contatos internacionais. Inclusive sob suspeitas de ligação terrorista. Há de se destacar os diálogos, entre Lisbon e Marie, na qual sob o pseudônimo de Teresa McGregor, e se dizendo presa por arrombamento, a agente revela seus sentimentos acerca de Jane, inclusive confessando com todas as letras, sabê-lo um exímio vigarista e, ainda assim amá-lo. Contudo, as revelações de Marie não são suficientes para que o FBI localize Foster.

Ai sim entra em ação a maracutaia de Jane, na qual Lisbon tem que induzir a companheira de cela a fugir, e assim Marie levá-los até Foster. Plano de fuga bem elaborado, um comparsa as leva até Foster e… Bem, aqui as coisas desandam, afinal de contas os bandidos são espertos e conseguem por um tempo despistar a equipe que os seguiam. Além disso Foster se descontrola, mata o atendente da loja de conveniência e Lisbon começa a dar sutis indícios de que estaria com medo. Felizmente agente é astuta, deixa pistas que só Jane entenderia e ele como um autêntico cavalheiro vai atrás de sua donzela.

the-mentalist

 

Próximos ao helicóptero de fuga, outra parte memorável… Lisbon ao tentar pegar uma arma acaba por revelar seu disfarce, Jane aparece com um blefe que a princípio até daria certo, não fosse o fato da boa memória de Marie das palavras exatas de Lisbon quanto ao protagonista ser um vigarista que aplica golpes. Num brevíssimo momento de tensão – RS, ou não por ser previsível que a cavalaria, FBI, iria aparecer – vemos Jane encurralado e com medo, porém como no conto de João e Maria, ele deixou uma pista de garrafas a serem seguidas, quando roubou o carro em que estava com a agente Vega. E bem, ao contrário de Marie que realmente amava Foster e estaria disposta a se sacrificar pra protegê-lo, ele não estava nem aí para a “vadia” e apenas desejava salvar a própria pele.

Assim, acabou dando a lista de seus contatos, desejada pela agente da CIA. E como gancho próximos episódios, eis a surpresa… A namorada de um dos traficantes é uma velha conhecida de Jane e do fandom, trata-se de Érica! Hum… Sinal de que ela vem por aí… Ela é uma sociopata tão esperta quanto Patrick Jane e pode-se dizer que rolou um breve affair entre eles… Na certa vai dar o que falar! Em suma, episódio muito gostoso de se ver, e bem acima das minhas expectativas, nota 10! Season 7 começou com tudo! Concordam???

Perception/Review: S03E10–Dirty

Seriados, Filmes & Afins...

“Pessoas erram Kate. Gosto de pensar que isso não as desqualifica de serem consideradas boas pessoas.”

Sensacional! Espetacular! Ok, ando meio repetitiva mas esta temporada de Perception está show! Em Dirty, temos a situação inusitada de Donnie solicitando ajuda ao Dr Pierce, além de mais uma interação entre pai e filho, com a participação especial de Peter Coyote. Não foi o destaque aqui, mas é sempre divertida de se ver a interação entre Daniel e James Pierce.

James quer mostrar ao filho a nova namorada, na verdade, uma senhora, também portadora de Alzheimer cuja crença é que ele seja seu desaparecido marido. Já volto a isso, uma vez que terá desdobramento. Vamos ao foco do episódio: o relacionamento entre Donnie e Kate. Bem, ela está com receios de ser novamente traída. E Donnie acordar em trajes – ou falta deles, rs – ao lado de Shelby morta, só faz…

Ver la entrada original 411 palabras más

Perception /Review: S03E09–Silence

Seriados, Filmes & Afins...

“Ás vezes eu ouço vozes também. Boa parte do tempo acho que são reais. Mas, eu aprendi que é só minha mente brincando comigo”.

vlcsnap-2014-08-31-22h11m16s157

Só pra variar, outro bom episódio de Perception. O legal aqui é dr Pierce ajudando a Alex White, um esquizofrênico apaixonado por números, a lidar corretamente com seu problema. Já chego lá! Antes quero fazer um aparte sobre o casal Kate e Donnie. Ambos resolveram casar-se novamente, todavia, interesses divergentes podem afastá-los. Ou ainda, Shelby, uma sexy e dissimulada assessora que propõe lançar Donnie como vereador por Chicago, e que não hesita em jogar seu charme. E tem mais, Kate desconfia que pode ser traída novamente. Bem, se depender da assessora…

Vamos ao caso. Ocorre um tiroteio num prédio federal que por um triz não mata a agente do FBI, Nina Curtis. O FBI – e também a ag. Kate Moretti –…

Ver la entrada original 374 palabras más

Perception / Review: S03E08–Prologue

Seriados, Filmes & Afins...

“Eu o chamei para uma consulta e não para brincar de Mulder e Scully”

vlcsnap-2014-08-19-00h45m57s52

Sem dúvidas, Prologue é o segundo melhor episódio desta temporada. Nele temos conhecimento de certos percalços da vida de Daniel Pierce, como seu trabalho de consultor para o FBI, sua relação com a agenteMoretti e a forma como conheceu Max Lewicki seu amigo e cuidador! Além de uma reviravolta surpreendente.

Tudo começa quando a agente Moretti interrompe uma das aulas do neurocientista e o informa sobre o corpo identificado como sendo da agente Anne Marie Bishop. Ora, a agente Bishop era a encarregada de trabalhar com o dr Pierce quando da promoção de Kate Moretti para Washington DC. Acontece que Daniel se recusara e pedira demissão. Todavia, ainda assim Bishop o procurara ao precisar de ajuda com a testemunha de um caso contra um traficante cuja sanidade mental poderia estar comprometida. Especialmente após…

Ver la entrada original 316 palabras más

Perception / Review: S03E07– Bolero

Seriados, Filmes & Afins...

“Sua relação íntima com ela previne que tenha isso com uma pessoa real”

vlcsnap-2014-08-05-22h50m06s95

Já ao início de Bolero, Perception nos apresenta uma cena ótima, qual seja: dr Pierce se consultando com um terapeuta, enquanto discute com a carismática Natalie. Ora, apesar do paradoxo de ser uma alucinação que é excelente terapeuta; sua “existência” pode estar comprometendo as chances do neurocientista levar uma vida minimamente normal. Entenda-se: estar disposto a interagir socialmente com as pessoas de verdade que o cercam. Por óbvio que o doutor contesta isso, lembrando a relação que tem com Kate, Lewicki e o diretor Paul, todavia o dr Rosenthal afirma a necessidade de criar laços afetivos que não sejam de trabalho.

E em meio ao dilema de ter de dar adeus à companheira habitual, o carismático dr Daniel Pierce se vê envolto na trama de um misterioso assassinato para encobrir o roubo de uma…

Ver la entrada original 246 palabras más

Perception / Review: S03E06 – Inconceivable

Seriados, Filmes & Afins...

vlcsnap-2014-08-04-22h17m02s6

Confesso que a priori achei o episódio sem graça! Mas como nada é o que parece ser em Perception… Além das reviravoltas, surpreendi-me com a trama inusitada. Pra começar temos o sequestro de um bebê, Owen, contudo; descobre-se tratar de um daqueles assustadores bonecos – tão realistas nos mínimos detalhes – que parecem pessoas de fato.

A conclusão é de que Lucy é uma louca, afinal de contas chamar o FBI por causa de um boneco? E as coisas ficam mais bizarras quando Betsy, a “seqüestradora”, ao ser descoberta; afirma saber o tempo todo que se tratava de um boneco. Pobre coitada, inconformada com a morte de seu filho, aceitara o conselho do terapeuta de que um boneco a ajudaria a encarar o luto.  Asgar Svensden ficou de fazer um boneco com o rosto do filho dela, porém cobrou uma fortuna e acabou vendendo-o a Lucy.

Com…

Ver la entrada original 416 palabras más

Perception / Review: S03E05 – Eternity

Seriados, Filmes & Afins...

“Eu quero tomar uma decisão sobre o meu futuro, enquanto ainda posso”

vlcsnap-2014-07-31-00h42m41s230

Dessa vez Perception entrou no campo do sci-fi e, desde já, digo que apresentou um dos melhores episódios da temporada. Inicialmente destaco, mais uma vez, a participação de Peter Coyote como JamesPierce. A relação um tanto complicada de pai e filho, nos rendeu ótimas risadas, como quando dr Pierce deixa Lewicki a bancar a “babá” de seu pai, enlouquecendo-o com suas manias.  Além disso, é comovente ver a força dos laços de família, quando apesar das mágoas, dr Pierce não vira as costas para o pai e o ajuda.

Mas vamos ao caso.  O neurocientista Landon Jennings foi assassinado sob circunstâncias misteriosas. Descobre-se que seu projeto mais importante, denominado Eternity, era tornar-se imortal transferindo sua consciência para uma inteligência artificial. É cômico ver o cético dr Pierce tendo de “interrogar” um holograma da vítima. E…

Ver la entrada original 364 palabras más